musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - ALUADO - JARI TERRES - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Aluado letra


Domei um baio cebruno
Pra “pecha” um temporal
De caráter duvidoso
Mescla de açúcar com sal
Com vinte e um dias de rédea
Já “escumava” no bocal
Volta e meia ele sacode
Meu paysandu oriental

Parece diabo se inventa
Se “arrastá” meio por farra
Outrora me largou manco
Vendendo tudo minhas garras
Mostra a pimenta dos “zoio”
Enruga o lombo e dispara
E esquece o mundo berrando
Manoteando a própria cara.

Por isso chamo aluado
Alma de fraco ou de forte
É tigre fora da jaula
Toreando a vida com a morte
Coiceia a sombra do cusco
Se o relho canta sua sorte
E muda junto com a lua
Nos dias de vento norte

De vez em quando é um cachorro
Do andar das minhas crianças
Larga num trote pro campo
Sereno até na sua estampa
Se assusta com as carqueja
Que com o vento balança
E tenteia a bóia do dia
No cocho da vaca mansa

Quem olha o baio cebruno
Cortando várzea no meio
Pisando o pasto nativo
Com as quatro patas de esteio
Por certo chama a atenção
Meu pingo jogando o freio
Que domei nessa fronteira
Pra ser querência do arreio.

Por isso chamo aluado
Alma de fraco ou de forte
É tigre fora da jaula
Toreando a vida com a morte
Coiceia a sombra do cusco
Se o relho canta sua sorte
E muda junto com a lua
Nos dias de vento norte

Jari Terres - Letras

top 30 músicas

©2003 - 2021 - musicas.mus.br