musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - MILONGA DO CARRETEIRO - JARI TERRES - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Milonga do Carreteiro letra


Venho lá da Vista Alegre
pregueando boi no carreiro
com honra sou carreteiro
e bem gaúcho é que sou
usando a guilhada grande
eu ainda sou Rio Grande
passado que não passou.

Sou a história da carreta
tradição que não morreu
sou o tempo que se escondeu
atrás da curva da estrada
onde o pneu do pregresso
por ser difícil acesso
nao descobriu sua entrada.

E carreteando eu vou longe
firmando o pé na macega
enchendo os olhos de légua
das léguas nada me encerra
eu subo e desço lançante
com minha casa ambulante
cheia de frutos da terra.

(refrão)
E a carreta corta o vento
parceira dos madrigais
rechinando uma milonga
pra os campos do nunca mais.

Se a noite chega e me agarra
cruzando de certo campo
em meio ao campo eu acampo
sem medo de assombração
ouvindo ao longe o aboio
das águas claras do arroio
minando minha solidão.

E quando eu canto uma milonga
no vai e vem da carreta
o tinido da palheta
repica igual ao sincerro
e eu me vou quebrando a ponta
do verso quando ela aponta
despontando atrás do cerro.

E quando a lua se empaca
no céu ouvindo a milonga
na claridade se alonga
o meu cantar milongueiro
e a minha carreta flutua
cheia de versos e luas
e sonhos de carreteiros.

(refrão)
E a carreta corta vento
parceira dos madrigais
rechinando uma milonga
pra os campos do nunca mais.

Jari Terres - Letras

top 30 músicas

©2003 - 2021 - musicas.mus.br